Saltar para o conteúdo principal

Em Pernambuco, Câmara tem 55% dos válidos e pode vencer no 1º turno

Eleições -

A três dias do primeiro turno das eleições, pesquisa Datafolha realizada com eleitores de Pernambuco mostra que Paulo Câmara (PSB) manteve-se líder na corrida pelo governo do estado. O peesedebista tem 46% das intenções de voto e Armando Monteiro do PTB, obteve 36%.

Comparado à pesquisa realizada nos dias 25 e 26 de setembro, ambos oscilaram positivamente, o peesedebista em três pontos percentuais, tinha 43% e Armando, em dois pontos percentuais tinha 34%.

Zé Gomes (PSOL) tem 1% e Miguel Anacleto (PCB), Pantaleão (PCO) e Jair Pedro (PSTU) não atingiram 1%. Brancos ou nulos se mantiveram em 8% e indecisos 9% (era 12%).

Considerando apenas os votos válidos, Paulo tem 55% (tinha 54%), e Armando Monteiro manteve 43%. Zé Gomes (PSOL) manteve 1%, Jair Pedro 1% (não tinha atingido 1%), Miguel Anacleto (PCB) 1% (e não tinha atingido 1%), Pantaleão (PCO) não atingiu 1% nos dois levantamentos.

Essa é a segunda pesquisa Datafolha em Pernambuco que são divulgados os votos válidos. Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto. Portanto, se as eleições fossem hoje, Paulo Câmara seria o novo governador de Pernambuco.

Nesse levantamento realizado entre os dias 01 e 02 de outubro de 2014, o Datafolha entrevistou 1.264 eleitores em 45 municípios do Estado do Pernambuco. A margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, para o total da amostra.

O Datafolha questionou os eleitores se conhecem o número do candidato que irão digitar na urna eletrônica no dia da votação e 60% citaram corretamente, 2% erraram, 35% não sabem qual número devem digitar e 3% não sabem como anular o voto.

Entre os eleitores de Câmara, 76% acertaram seu número, 2% erraram e 22% declararam não saber o número. Já entre os eleitores de Armando Monteiro, 49% acertaram, 3% erraram e 48% disseram que não sabem o número do candidato.

Na intenção de voto espontânea, Paulo oscilou três pontos para cima e hoje tem 36% das citações, na pesquisa realizada nos dias 25 e 26 de setembro tinha 33%. Armando que tinha 20%, também oscilou em três pontos e hoje tem 23%. Pantaleão e Jair Pedro foram citados, porém não atingiram 1%. Brancos ou nulos, somam 6% (era 7%), e indecisos, 28% (era 35%).

O candidato Pantaleão continua o mais rejeitado em Pernambuco, somou 34% (tinha 32%), Zé Gomes passou de 27% para 31%, Jair Pedro de 22% atingiu 27%, Miguel Anacleto passou de 20% para 26%. Os principais candidatos oscilaram em três pontos Armando Monteiro tinha 20% e hoje soma 23% e Paulo Câmara passou de 14% para 17%. Ainda 5% votariam em qualquer candidato (era 6%), 6% rejeitam todos os candidatos, índice que não se alterou. Ainda 15% não souberam responder (era 19%).

O Datafolha simulou o segundo turno entre os principais candidatos, Paulo oscilou três pontos comparativamente ao estudo anterior e continua na frente com 48% das preferências (tinha 45%), enquanto Armando oscilou em um ponto e obteve 40% das intenções (tinha 39%). Ainda, brancos ou nulos somam 6% (era 7%) e indecisos 6% (era 9%). No total de votos válidos Câmara teria 55% (tinha 54%) e Monteiro 45% (tinha 46%).

Faltando três dias para a eleição ao senado em Pernambuco, ambos os candidatos oscilaram para cima nas intenções de voto. João Paulo do PT continua na liderança e manteve os 37% quando comparado a pesquisa realizada pelo Datafolha nos dias 25 e 26 de setembro. Fernando Bezzera oscilou e passou de 29% para 30% das intenções de voto.

Simone Fontana (PSTU) e Albanise Pires (PSOL) permaneceram com 1% e Oxis (PCB) assim como no levantamento anterior, não atingiu 1%.

Considerando apenas os votos válidos, o cenário está exatamente igual ao da pesquisa anterior: João Paulo manteve os 54%, Fernando Bezerra Coelho 43%, Simone Fontana 2%, Albanise Pires 1% e Oxis novamente não atingiu 1%.

Essa é a segunda pesquisa Datafolha em Pernambuco que são divulgados os votos válidos. Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

Os eleitores também foram questionados sobre o conhecimento do número de seu candidato de preferência que irão digitar na urna no dia das eleições e 43% mencionaram o número corretamente, 5% erraram, 47% declararam que não sabem o número que devem digitar para concretizar seu voto além de 4% que não sabem como fazer para anular o voto.

Entre os eleitores de João Paulo, 35% acertaram o número, 8% erraram e 57% não sabem qual número votar e entre os eleitores de Fernando Bezerra, 63% citaram o número corretamente, 4% erraram e 33% não sabem o número do candidato.

BAIXE OS DADOS DESTA PESQUISA