Intenção de voto em Dilma cai, mas adversários não avançam

Eleições -

A presidente Dilma Rousseff (PT) viu sua vantagem na corrida pela Presidência da República diminuir e, se a eleição fosse hoje, teria os votos de 34% dos eleitores brasileiros. Seu oponente mais próximo, Aécio Neves (PSDB), obteria 19%, e em seguida viriam Eduardo Campos (PSB), com 7%, Pastor Everaldo (PSC), com 4%, Magno Malta (PR), com 2%, e José Maria (PSTU), Denise Abreu (PEN), Eduardo Jorge (PV), com 1%, cada.

Leia mais »

Dilma estabiliza e Aécio cresce; se eleição fosse hoje, haveria 2º turno

Eleições -

A presidente Dilma Rousseff (PT) manteve no início de maio o patamar de intenção de voto obtido em pesquisa realizada na primeira semana de abril, mas viu seu adversário mais próximo, Aécio Neves (PSDB), avançar no mesmo período. O ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), não ganhou nem perdeu terreno desde abril e segue como a terceira força da corrida eleitoral.

Leia mais »

Dilma perde pontos, mas ainda tem vantagem na disputa presidencial

Eleições -

A presidente Dilma Rousseff (PT) caiu na preferência dos brasileiros para a disputa presidencial deste ano, mas ainda lidera todos os cenários avaliados, com grande folga para seus principais adversários. Com índices mais altos do que ela, somente seu companheiro de partido, o ex-presidente Lula, que é também o cabo eleitoral com maior influência positiva dentre uma série de nomes consultados.

Leia mais »

Mesmo com desejo de mudança, Dilma Rousseff lidera corrida eleitoral

Eleições -

A presidente Dilma Rousseff (PT) inicia o ano em que tentará a reeleição na liderança das intenções de voto. No atual estágio da corrida eleitoral, o cenário é estável: a preferência pela petista é maior do que a soma das indicações de voto em Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB); a ex-senadora Marina Silva (PSB) permanece como a adversária mais próxima de Dilma nas simulações em que seu nome é apresentado aos entrevistados; e Lula (PT), se disputasse a eleição como candidato petista, seria o favorito para vencer no 1º turno.

Leia mais »