Eduardo Paes atinge 25% e lidera disputa por governo do Rio

Eleições -

O ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (DEM) segue na liderança da disputa pelo governo fluminense, agora com 25% das intenções de voto, três pontos percentuais acima do registrado na última semana. O segundo lugar é dividido entre Anthony Garotinho (PRP), que oscilou de 12% para 15%, e Romário (Podemos), que se manteve com 14%.

Leia mais »

Câmara sobe e abre vantagem sobre Armando Monteiro em Pernambuco

Eleições -

O governador Paulo Câmara (PSB) avançou de 35% para 38% na preferência dos eleitores pernambucanos e voltou a abrir vantagem sobre Armando Monteiro (PTB), que oscilou de 31% para 30% em relação a levantamento realizado na última semana. O crescimento do governador e a estagnação do senador petebista mudam, novamente, o panorama da disputa pelo Palácio das Princesas.

Leia mais »

Anastasia mantém liderança em Minas

Eleições -

A nove dias do 1º turno, pesquisa Datafolha mostra cenário de estabilidade nas intenções de voto dos candidatos mais bem colocados na corrida para o Palácio da Liberdade. Antonio Anastasia (PSDB) segue na liderança, com 33% das intenções de voto, ante 24% de Fernando Pimentel (PT), isolado em segundo lugar - tanto o tucano quanto o petista têm desempenho semelhante na capital e no interior. Em comparação à pesquisa anterior, do último dia 19, os índices ficaram estáveis, o tucano tinha 33% e o petista, 23%.

Leia mais »

Ibaneis assume liderança na disputa por governo do Distrito Federal

Eleições -

A nove dias do 1º turno, pesquisa Datafolha mostra mudança na liderança da corrida eleitoral para o governo do Distrito Federal e disputa acirrada pelo segundo lugar, com dois candidatos tecnicamente empatados. Ibaneis (MDB) segue em trajetória ascendente e pela primeira vez aparece na liderança isolada, com 24% das intenções de voto, no levantamento do último dia 19, o emedebista tinha 13%.

Leia mais »

Bolsonaro mantém liderança e Haddad se isola na segunda colocação

Eleições -

O deputado Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança da disputa pela Presidência da República, com 28% das intenções de voto, mas na penúltima semana de campanha vê cair a vantagem sobre seu adversário mais próximo, Fernando Haddad, que atingiu 22% e se isolou na segunda posição da corrida presidencial. Na comparação com levantamento realizado na semana passada, entre os dias 18 e 19, Bolsonaro ficou estável, enquanto o petista cresceu seis pontos percentuais (tinha 16%). Com isso, Haddad abriu distância em relação a Ciro Gomes (PDT), que passou de 13% para 11% e segue empatado com Geraldo Alckmin (PSDB), que oscilou de 9% para 10%. A ex-senadora Marina Silva (Rede) também oscilou para baixo e agora tem 5% das intenções de voto, ante 7% no último levantamento.

Leia mais »