30% votariam em candidato apoiado por Lula no Recife

Eleições -

Quando perguntados sobre em que medida o apoio de políticos aos candidatos à Prefeitura de Recife é decisivo para a decisão do voto, a maior parcela dos eleitores recifenses declarou que o apoio levaria a não votar no candidato apoiado - o efeito contrário do esperado. O Insituto Datafolha pesquisou três nomes importantes da política nacional brasileira: o ex-presidente da República, Lula (PT), o atual governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e o presidente interino da República, Michel Temer (PMDB).

Leia mais »

Apoio de Lula, Temer e Paes tem pouca influência em eleição carioca

Eleições -

Quando perguntados sobre em que medida o apoio de políticos aos candidatos à Prefeitura do Rio de Janeiro é decisivo para a decisão do voto, a maioria dos eleitores cariocas declarou que o apoio levaria a não votar no candidato apoiado - o efeito contrário do esperado. O Datafolha pesquisou três nomes importantes da política nacional: o ex-presidente da República, Lula (PT), o atual prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), e o presidente interino da República, Michel Temer (PMDB).

Leia mais »

Apoios de Lula e Temer tira mais do que atrai votos em São Paulo

Eleições -

O apoio do ex-presidente Lula (PT) a um candidato à Prefeitura de São Paulo levaria 11% dos eleitores a escolher certamente esse candidato mas, por outro lado, levaria 73% a não votarem nele de jeito nenhum. Há ainda 14% que poderiam votar em um nome apoiado pelo ex-presidente, e 2% que não opinaram ou deram outras respostas.

Leia mais »

Russomanno larga na frente na disputa pela Prefeitura de SP

Eleições -

O candidato do PRB, Celso Russomanno, sai na frente na disputa pela prefeitura de São Paulo deste ano. Na primeira pesquisa realizada pelo Datafolha após a oficialização das candidaturas e antes do início do horário eleitoral nos meios eletrônicos, Russomanno tem 31% das intenções de voto, com vantagem de quinze pontos sobre a segunda colocada, Marta (PMDB), que tem 16%. Em terceiro lugar aparecem, empatados, dentro da margem de erro, Luiza Erundina (PSOL), com 10%, Fernando Haddad (PT), com 8%, e João Dória (PSDB), com 5%. A disputa tem ainda Levy Fidelix (PRTB), com 2%, Major Olímpio (SD), com 2%, e Ricardo Young (Rede), com 1%. Os candidatos Henrique Áreas (PCO), João Bico (PSDC) e Altino (PSTU) foram citados mas não pontuaram. Votariam em branco ou nulo 15%, e 7% não opinaram.

Leia mais »

Com rejeição menor, Lula lidera corrida eleitoral por Presidência em 2018

Eleições -

O ex-presidente Lula (PT) lidera isoladamente as pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018. Após dividir a liderança com a ex-senadora Marina Silva (Rede) nos últimos levantamentos, o petista oscilou positivamente e abriu vantagem sobre a potencial adversária, que caiu na preferência dos brasileiros. Os nomes do PSDB consultados também tiveram oscilação negativa ou mantiveram os índices anteriores, o que favoreceu o petista no quadro geral da pesquisa. Além do ex-presidente, o único a ganhar espaço numa eventual disputa presidencial foi Michel Temer, que tinha entre 1% e 2% em abril e agora aparece com índices que variam de 4% a 6%.

Leia mais »