Saltar para o conteúdo principal

42% reprovam desempenho de governo Bolsonaro na crise do óleo

Opinião Pública -

Nove em cada dez brasileiros adultos (92%) ficaram sabendo do vazamento de óleo que afetou as praias da região Nordeste do país. Desses, 33% declararam estar bem informados sobre o tema, 47% mais ou menos informados e 12% mal informados. Uma parcela de 8% não tomou conhecimento sobre o vazamento que atingiu a costa brasileira.

O índice de conhecimento sobre o acidente ambiental é majoritário em todos os segmentos sociodemográficos e ficou acima da média entre os mais instruídos (99%) e entre os mais ricos (100%). Entre os moradores da região Nordeste, o índice ficou igual ao da média nacional (92%).

A maneira como o governo do presidente Jair Bolsonaro abordou o acidente ambiental gerou mais reprovação do que aprovação. Quatro em cada dez brasileiros (42%) avaliaram o desempenho do governo Federal como ruim ou péssimo, 31%, como regular e 23%, como ótimo ou bom. Uma fração de 5% não opinou.

Os índices de reprovação à conduta do governo Bolsonaro são mais altos entre os mais instruídos (48%), entre os moradores de regiões metropolitanas (46%), entre os moradores de municípios com mais de 500 mil habitantes (49%), entre os moradores da região Nordeste (50%) e entre os mais jovens (55%). Entre os que tomaram conhecimento do vazamento de óleo, não são observadas diferenças significativas: 23% aprovam e 42% reprovam a conduta do governo Federal.

Nesse levantamento, entre os dias 05 e 06 de dezembro de 2019, foram realizadas 2.948 entrevistas presenciais em 176 municípios de todas as regiões do país. A margem de erro máxima no total da amostra é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Baixa a pesquisa completa