Reprovação a Haddad atinge 49%

Opinião Pública -

A aprovação dos paulistanos ao governo Fernando Haddad (PT) voltou ao patamar de 15% em outubro, repetindo seu pior momento, registrado em julho de 2014. A taxa de reprovação, por outro lado, atingiu 49%, a mais alta já registrada desde o início do mandado do petista à frente da Prefeitura de São Paulo. Há ainda 34% que consideram sua gestão regular, e 2% que não opinaram. Na comparação com a última avaliação de seu mandato, realizado em fevereiro deste ano, a aprovação a Haddad caiu (era de 20%), enquanto sua reprovação subiu (era de 44%) e a taxa de regular ficou estável (era de 34%).

Leia mais »

Taxa de insatisfeitos com governo Haddad volta a crescer em São Paulo

Opinião Pública -

Pesquisa Datafolha mostra que a taxa de insatisfeitos com o governo municipal de São Paulo, de Fernando Haddad (PT), cresceu dezesseis pontos desde setembro passado. Avaliam como ruim ou péssima a gestão do petista 44% dos paulistanos - está é segunda taxa mais alta do governo Haddad, atrás somente da obtida em julho passado (47%) -, no levantamento anterior, era 28%. O crescimento no índice de desaprovação foi acompanhado pela queda da avaliação regular, de 44% para 33%, e pela oscilação da taxa de aprovação, de 22% para 20%. Em toda a gestão Haddad, essa taxa de avaliação regular é a mais baixa alcançada.

Leia mais »

80% aprovam ciclovias em São Paulo; sobe aprovação a Haddad

Opinião Pública -

A reprovação à gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) na cidade de São Paulo caiu de 47% no final de junho deste ano para 28% atualmente, atingindo o menor índice desde o início de junho do ano passado, quando era de 21%. A taxa de aprovação ao governo do petista não cresceu na mesma proporção, mas avançou: passou de 15% para 22% na comparação com a última avaliação, de julho deste ano, enquanto a parcela dos que o consideram regular cresceu de 37% para 44%. Há ainda 6% que não opinaram sobre o assunto (na pesquisa anterior, 2%).

Leia mais »

Avaliação negativa da gestão Haddad sobe de 36% para 47%

Opinião Pública -

Pesquisa Datafolha mostra que a insatisfação com a administração do prefeito Fernando Haddad (PT) cresceu entre junho e julho e alcançou o patamar mais alto já registrado de toda a sua gestão. No mês passado, Haddad era reprovado por 36%, e agora, esse índice chegou a 47% - o índice é superior aos 40% do fim de junho de 2013. Em comparação à pesquisa anterior, a avaliação regular diminuiu, de 44% para 37%, enquanto a avaliação positiva oscilou de 17% para 15% e taxa dos que não souberam responder, de 3% para 2%.

Leia mais »

Ótimo ou bom para 17%, aprovação a Haddad segue em nível pós-protestos

Opinião Pública -

A aprovação à administração do prefeito Fernando Haddad (PT) se mantém em baixa e, após um ano e seis meses de governo, apenas 17% consideram sua gestão ótima ou boa. Esse índice de aprovação é similar ao registrado após seis meses de governo (18%), logo após os protestos contra o aumento da tarifa de ônibus na cidade; e após 11 meses de governo (18%), em novembro do mesmo ano. A melhor taxa de aprovação do petista (34%) foi registrada no início de junho de 2013, antes do início das manifestações contra a alta da tarifa de ônibus.

Leia mais »