Saltar para o conteúdo principal

Moro é ministro mais conhecido e bem avaliado do governo

Opinião Pública -

O Datafolha avaliou o conhecimento e desempenho de oito ministros do governo Bolsonaro, e Sérgio Moro, titular da pasta da Justiça e Segurança Pública, segue como o mais popular entre os nomes avaliados. Ele é conhecido por 93% dos brasileiros, índice estável na comparação com os últimos levantamentos. O ministro da Economia, Paulo Guedes, é conhecido por 80%, índice também estável. Na sequência aparecem Damares Alves, ministra da pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos (55% conhecem); Ricardo Salles, do Meio Ambiente (51%); Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura (38%); Ernesto Araújo, das Relações Exteriores (37%); e Abraham Weintraub, da Educação (32%).

A avaliação do trabalho dos ministros foi feita somente pelos brasileiros que declararam conhecer ou já ter ouvido falar de cada um deles. Considerando somente essa base de respondentes, Moro é o ministro melhor avaliado: 53% dos que o conhecem avaliam seu desempenho como ótimo ou bom, e para 21% é ruim ou péssimo. O trabalho de Damares Alves é visto como ótimo ou bom por 43% dos que a conhecem, e 26% consideram sua atuação como ministra ruim ou péssima. O economista Paulo Guedes tem seu desempenho avaliado positivamente por 39%, e 23% acreditam ser ruim ou péssimo.

À frente da Educação, Weintraub é considerado ótimo ou bom por 34%, e para 31% é ruim ou péssimo. O desempenho de Araújo no Itamaraty é avaliado como ótimo ou bom por 33% dos que o conhecem, e 19% consideram ruim ou péssimo. Na Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas tem sua gestão vista de forma positiva por 31%, e para 14% é negativa. Por fim, o desempenho de Ricardo Salles no Meio Ambiente é tido como ótimo ou bom por 28%, e uma parcela similar o considera ruim ou péssimo (27%).

Entre os brasileiros que estudaram até o ensino superior, fica acima da média a aprovação a Moro (58%), Guedes (48%) e Tarcísio Gomes (42%). Nesse mesmo grupo, destacam-se as avaliações negativas de Weintraub (42%), Salles (38%), Araújo (29%) e Damares Alves (39%), todas acima da média.

Baixa a pesquisa completa