Saltar para o conteúdo principal

Câmara sai na frente na disputa por reeleição em Pernambuco

Eleições -

O atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), sai na frente na disputa por um novo mandato à frente do Estado de Pernambuco. Com 30%, ele tem vantagem de seis pontos sobre Armando Monteiro (PTB), que tem 24% das intenções de voto e desponta como seu principal adversário neste momento. A distância entre eles fica no limite da margem de erro entre dois candidatos, o que torna possível afirmar que o atual governador está à frente neste momento. Os dois já protagonizaram a eleição pelo Palácio das Princesas em 2014, com vitória de Câmara no primeiro turno e Monteiro em segundo lugar após liderar as pesquisas realizadas pelo Datafolha até um mês antes da eleição.

A eleição pelo Executivo pernambucano traz ainda Julio Losso (Rede), com 3%, Ana Patricia Alves (PCO), com 3%, Simone Fontana (PSTU), com 2%, Maurcio Rands (Pros), com 2%, e Dani Portela (PSol), com 1%. Uma parcela de 29% votaria em branco ou nulo se a eleição fosse hoje, e 6% preferiram não opinar.

Para esta pesquisa foram ouvidos 1224 eleitores em 50 municípios de Pernambuco. A margem de erro para o total da amostra é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.
Câmara leva maior vantagem sobre Monteiro entre os mais jovens (43% a 19%) e na Região Metropolitana do Recife (33% a 20%). No interior do estado, há empate (28% para Câmara, 28% para o adversário. Na parcela que se identifica com o PT, composta por 34% dos eleitores pernambucanos, 36% votariam em Câmara, e 30%, em Monteiro.

Na pesquisa espontânea, quando o nome dos candidatos não são apresentados aos eleitores, o atual governador é mencionado por 10%, e o ex-senador Armando Monteiro, por 6%. Metade (51%) dos pernambucanos não souberam declarar de forma espontânea em quem irão votar para governador na próxima eleição, e uma parcela de 25% disse que irá votar em branco ou anular seu voto.

Atual titular do cargo de governador, Paulo Câmara aparece como o mais rejeitado entre os candidatos que irão disputar sua cadeira: 31% não votariam de jeito nenhum em sua candidatura, ante 21% que não votariam de jeito nenhum em seu adversário mais próximo, Armando Monteiro. Na sequência, pelo critério de rejeição, aparecem Dani Portela (19%), Mauricio Rands (18%), Simone Fontana (17%), Julio Losso (16%) e Ana Patricia Alves (17%). Uma parcela de 14% rejeita todos os candidatos que disputarão o governo estadual, e 3% não rejeitam nenhum, além de 10% que preferiram não opinar sobre o tema.

Baixe esta pesquisa