Saltar para o conteúdo principal

Eliana Pedrosa e Rollemberg seguem empatados no Distrito Federal

Eleições -

Na primeira pesquisa Datafolha após o início do horário eleitoral gratuito na TV e no rádio, Eliana Pedrosa (PROS) e Rodrigo Rollemberg (PSB) seguem dividindo a liderança para o governo do Distrito Federal, tecnicamente empatados dentro da margem de erro da pesquisa, com a ex-deputada distrital numericamente à frente. Pedrosa, que tem o sexto maior tempo de propaganda eleitoral, oscilou de 15%, em agosto, para 18%, e Rollemberg, que tem o quarto maior tempo de propaganda eleitoral, passou de 14% para 15%.

Rogério Rosso (PSD), que na pesquisa anterior dividia a liderança com Pedrosa e Rollemberg, tem 12% (tinha 13%). A distância de seis pontos para Eliana Pedrosa fica no limite da margem de erro, o que torna possível afirmar que a candidata está à frente de Rosso neste momento.

Alberto Fraga (DEM) tem 10% (tinha 8% em agosto) e Ibaneis (MDB) tem 4% (tinha 2%) - o democrata tem o maior tempo de propaganda eleitoral e o emedebista, o segundo. A seguir aparecem com 3%, cada um, General Paulo Chagas (PRP) (tinha 5%), Fátima Sousa (PSOL) (mesmo índice anterior), Miragaya do PT (PT) (mesmo índice anterior) e Alexandre Guerra (NOVO) (tinha 2%). Renan Rosa (PCO) foi citada, mas não alcançou 1% e Guillen (PSTU) foi citado. Uma parcela de 29% dos eleitores do Distrito Federal ainda não tem candidatos (era 32%), desses, 21% pretendem votar em branco ou anular o voto (era 24%) e 8% estão indecisos.

Nesse levantamento, nos dias 04, 05 e 06 de setembro de 2018, foram realizadas 910 entrevistas presenciais com eleitores de todas as regiões do Distrito Federal. A margem de erro máxima é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, para o total da amostra.

Na questão espontânea de intenção de voto, quando não é apresentado cartão com os nomes dos candidatos, Rollemberg segue como o candidato mais lembrado, com 9% de menções (tinha 8% em agosto), porém, agora divide a liderança com Eliana Pedrosa, com 8% (tinha 4%), ambos estão tecnicamente empatados, dentro da margem de erro da pesquisa. Alberto Fraga foi lembrado por 6% (tinha 3%), Rogério Rosso, por 4% (tinha 3%) e Ibaneis, por 2% (tinha 1%). Com 1% de menções espontâneas, cada um, aparecem General Paulo Chagas (mesmo índice anterior), Alexandre Guerra (mesmo índice anterior), Fátima Sousa (mesmo índice anterior) e Miragaya do PT (mesmo índice anterior). Brancos ou nulos somaram 15% (era 16%) e 47% não citaram nenhum nome espontaneamente (era 57%).

Rollemberg segue como o candidato mais rejeitado, 48% dos eleitores do Distrito Federal declararam que não votariam de jeito nenhum no atual governador (era 49% em agosto). De maneira geral, o índice de rejeição dos demais candidatos aumentou ou oscilou para cima dentro da margem de erro: Fraga foi citado por 31% (era 28%), Pedrosa, por 25% (era 21%), Miragaya do PT, por 23% (era 16%) e Rogério Rosso, por 22% (era 19%). Num patamar de rejeição mais baixo aparecem: Sousa, com 18% de rejeição (era 12%), Chagas, com 17% (era 12%), Rosa, com 15% (era 10%). Guerra, com 15% (era 9%), Ibaneis, com 15% (era 10%) e Guillen, com 13% (era 10%). Uma parcela de 6% rejeita todos os candidatos (era 9%), 3% não rejeitam nenhum (era 1%) e 6% não opinaram (era 5%).

Quanto à decisão do voto para governador, a maior parcela dos eleitores do Distrito Federal que têm algum candidato ou que pretendem votar em branco ou nulo (54%) declarou que ainda pode mudar seu voto até o dia da eleição. Já, 45% declararam estar totalmente decididos em quem vão votar no dia 07 de outubro.

Na comparação entre os eleitores de Eliana Pedrosa, Rollemberg e Rosso, os eleitores da ex-deputada distrital são os que estão com o voto um pouco mais decidido. Entre esses, 45% declararam estar totalmente decididos a votar em Pedrosa e 54% estão em dúvida, enquanto, entre os eleitores de Rollemberg, 41% declararam estar totalmente decididos a votar no atual governador e 59% que ainda estão em dúvida. Já, entre os eleitores de Rosso, 38% declararam que estão totalmente decididos a votar nele e 62% ainda estão em dúvida.

Disputa por vagas no Senado pelo DF tem empate triplo entre Leila, Cristovam e Izalci

Primeira pesquisa Datafolha após o início do horário eleitoral na TV e no rádio mostra uma disputa acirrada para as duas vagas ao Senado. A intenção de voto em Cristovam Buarque (PPS), que liderava de forma isolada, recuou de 27% para 21%, enquanto a intenção de voto em Leila do Vôlei (PSB) passou de 19% para 22% e a intenção de voto em Izalci (PSDB) foi de 17% para 20%.

No período, Chico Leite (REDE) recuou de 17% para 14% e Wasny (PT) de 11% para 9%. Com índices mais baixos aparecem: Fadi Faraj (PRP), com 6% (mesmo índice anterior), com 3%, cada um, Marcelo Neves (PT) (tinha 2%), Juiz Everaldo Ribeiro (PMN) (mesmo índice anterior) e Professora Amábile (PR) (tinha 5%), e com 2%, cada um, Helio Queiroz (PP) (tinha 3%), Chico Sant'Anna (PSOL) (mesmo índice anterior), Paulo Roque (NOVO), (mesmo índice anterior), Fernando Marques (SD) (mesmo índice anterior) e João Pedro Ferraz (PPL) (mesmo índice anterior). Com 1%, cada um, Brigadeiro Atila Maia (PRTB) (tinha 3%), Marivaldo Pereira (PSOL) (mesmo índice anterior), Robson (PSTU) (era 2%) e Danilo Matoso (PCO) (mesmo índice anterior). Walisson Nascimento (PTB) e Romilda Teixeira (PSDB) foram citados, mas não alcançaram 1% de menções.

Para a primeira vaga ao Senado, uma parcela de 22% dos eleitores declarou que pretende votar em branco ou nulo (era 20%) e 12% estão indecisos (era 10%). Já, para a segunda vaga, 31% pretendem votar em branco ou nulo (era 30%) e 19% estão indecisos (era 17%).

Na análise por intenção de voto à governador do Distrito Federal, a disputa para o Senado também ficou acirrada. Entre os eleitores de Eliana Pedrosa, Izalci alcança 30%, ante 26% de Leila do Vôlei e 25% de Cristovam Buarque. Entre os eleitores de Rodrigo Rollemberg, Leila do Vôlei se destaca, com 33% de menções ante 27% de Cristovam Buarque e 16% de Izalci. Já, entre os eleitores de Rogério Rosso, Izalci alcança 33%, Buarque, 30% e Leila 27%.

Baixe esta pesquisa