Saltar para o conteúdo principal

Bolsonaro mantém crescimento e tem 39% dos votos válidos

Eleições -

O deputado Jair Bolsonaro (PSL) manteve trajetória ascendente revelada no início da semana e passou de 32% para 35% das intenções de voto desde a última terça-feira (2). Esse resultado dá ao militar reformado, hoje, 39% dos votos válidos, que excluem o percentual de brancos, nulos e indecisos, e seguem o parâmetro da Justiça Eleitoral para contabilizar e divulgar o resultado das eleições. Desde a semana passada, o candidato do PSL cresceu sete pontos percentuais (tinha 28% do total de votos entre 26 e 28 de setembro) e foi o único a se mover além da margem de erro.

No mesmo período, seu rival mais próximo, Fernando Haddad (PT), ficou estável: tinha 22% do total de votos, oscilou para 21% na pesquisa da última terça-feira, e agora voltou a 22%. Nos votos válidos, o petista tem 25%. Na sequência aparecem Ciro Gomes (PDT), com 11% do total de votos, e Geraldo Alckmin (PSDB). com 8%. Na comparação com o último levantamento, o pedetista ficou estável (tinha 11%), e o tucano oscilou negativamente (tinha 9%). Considerando os votos válidos, o pedetista tem 13%, e o tucano, 9%.

A ex-senadora Marina Silva (Rede) segue com 4%, e na sequência aparecem João Amoêdo (Novo), com 3%, Henrique Meirelles (MDB) e Alvaro Dias (Podemos), ambos com 2%, e, Cabo Daciolo (Patriota), com 1%. Os demais candidatos - Boulos (PSOL), Eymael (DC), João Goulart Filho (PPL) e Vera (PSTU) - não pontuaram.
Uma parcela de 6% pretende votar em branco ou nulo (eram 8% há dois dias), e 5% continuam indecisos.

Neste levantamento, realizado entre os dias 03 e 04 de outubro, foram ouvidos 10.930 eleitores em 389 municípios brasileiros de todas as regiões do país. A margem de erro para o total da amostra é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Baixa a pesquisa completa