Saltar para o conteúdo principal

Ações do Itaú no Caldeirão do Huck são as mais efetivas, mostra PRM

Mercado -

Uma fatia de 38% dos paulistanos com 16 anos ou mais assistiram ao programa Caldeirão do Huck no mês de agosto, Isso significa que, na capital paulista, o programa da Rede Globo atingiu 3,4 milhões de telespectadores.

A análise do perfil desses telespectadores mostra que a audiência do programa é maior entre as mulheres e, tendencialmente, entre os mais velhos (56 anos ou mais).

Das sete marcas anunciantes em agosto, a Itaú é líder, com larga vantagem em retenção espontânea de ações de merchandising no Caldeirão: 19,7% de taxa de retenção.

A projeção desse resultado projetado para a população paulistana com 16 anos ou mais indica que cerca de 650 mil pessoas se lembram espontaneamente da marca.

Na segunda posição, está a marca Tim (4,7%), seguida por Volkswagen (0,4%). As demais marcas que inseriram ações no programa - Aliança Empreendedora, Baterias Moura, Tam Fidelidade e MRV Engenharia - não foram lembradas espontaneamente.

Os indicadores qualitativos - responsáveis por medir o grau de afinidade entre as ações e os programas - que se destacam no Caldeirão do Huck são Credibilidade (168), Contextualização (163), Diferenciação e Agrado (162 cada) e Adequação (159).

Ou seja, as ações de merchandising inseridas no Caldeirão do Huck apresentado por Luciano Huck passam maior credibilidade, combinam com o programa, agrada aos telespectadores pela forma como gostam das ações e da forma como elas acontecem

Baixe esta pesquisa