Saltar para o conteúdo principal

Caem aprovação a Lula e a Alckmin na cidade de São Paulo

Opinião Pública -

Governador continua recebendo melhor avaliação do que presidente

A avaliação que os moradores da cidade de São Paulo fazem dos governos do presidente Lula e do governador Geraldo Alckmin apresentou uma ligeira piora em relação a dezembro do ano passado, revela pesquisa do Datafolha.

O percentual de paulistanos que consideram o desempenho do presidente ótimo ou bom caiu de 37% para 33%, enquanto a taxa dos que consideram seu governo ruim ou péssimo aumentou de 16% para 21%. A taxa dos que definem o governo Lula como regular oscilou de 45% para 44%.

A aprovação (soma dos percentuais de ótimo ou bom) ao governador caiu de 55% para 48%, enquanto a reprovação (soma dos percentuais de ruim ou péssimo) aumentou de 12% para 17%. A taxa dos que consideram Alckmin regular oscilou de 31% para 32%.

Em uma escala de zero a dez, o presidente recebe nota média 5,9; Alckmin fica com nota 6,3.

A aprovação a Alckmin chega a 63% entre os paulistanos com renda familiar mensal superior a dez salários mínimos e a 57% entre os que têm nível superior de escolaridade.

Entre os paulistanos com idade entre 16 e 25 anos, a aprovação a Lula chega a 37% e a reprovação a Alckmin é de 21%.

O Datafolha entrevistou 1624 moradores da cidade de São Paulo, a partir dos 16 anos de idade, nos dias 6 e 7 de abril, e a margem de erro máxima para o levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Baixe esta pesquisa