Saltar para o conteúdo principal

41% consideram regular o desempenho de senadores e deputados

Opinião Pública -

A desaprovação chega a 34%

Completando dois anos e cinco meses de mandato no Congresso Nacional, senadores e deputados eleitos em 2006 têm desempenho regular, na opinião de 41% dos 5.129 brasileiros entrevistados pelo Datafolha, entre os dias 26 e 28 de maio de 2009. A avaliação mediana permanece estável desde março de 2008, ocasião em que 40% consideravam suas atuações regulares. No início do mandato, em março de 2007, ela era de 46%.

Para outros 34%, porém, a atual gestão é ruim ou péssima, embora essa parcela fique três pontos percentuais abaixo do observado em março passado (37%), e cinco pontos percentuais a menos que a de março de 2008 (39%). A avaliação positiva (ótimo ou bom) chega a 19%.

A margem de erro para o total da amostra é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Desaprovam o atual Congresso Nacional mais os homens do que as mulheres (36%, ante 31% delas), bem como os que têm entre 45 e 59 anos de idade (37%), os que residem nas regiões metropolitanas, incluindo as capitais (40%), os brasileiros que moram no Rio Grande do Sul (41%) e, sobretudo, os mais escolarizados (45%) e os mais ricos (48% dos que declaram renda mensal acima de dez salários mínimos).

Quando observada a intenção de voto para presidente, a desaprovação do Congresso é proporcionalmente maior entre os que declaram intenção de votar em Heloísa Helena em 2010, com taxas que variam de 39% a 41% de ruim ou péssimo.

Baixe esta pesquisa