Saltar para o conteúdo principal

Dilma mantém aprovação de 62% dos brasileiros

Opinião Pública -

Saúde e segurança pública são áreas com pior desempenho no governo da petista

Após dois anos à frente da Presidência da República, a presidente Dilma Rousseff (PT) tem seu governo avaliado como ótimo ou bom por 62% dos brasileiros, mesmo índice verificado em agosto deste ano. A fatia dos que consideram a gestão Dilma regular, atualmente, é de 30%, e outros 7% a desaprovam, ou seja, avaliam-na como ruim ou péssima - mesmos percentuais registrados há quatro meses.

A nota média atribuída ao desempenho de Dilma pelos brasileiros é 7,2.

O desempenho de Dilma é o melhor entre todos os presidentes eleitos desde Fernando Collor no mesmo período de governo. Seu antecessor, Lula, completou seus dois primeiros anos de governo sendo avaliado como ótimo ou bom por 45%, no mesmo patamar de Fernando Henrique Cardoso, que em dezembro de 1996 era aprovado por 47%.

Os entrevistados também foram estimulados a avaliar o desempenho de várias áreas do governo federa sob a gestão da petista. Saúde e educação foram, novamente, as áreas com pior avaliação, mas em ordem inversa: para 62% dos brasileiros, a segurança pública no governo atual é ruim ou péssimo, enquanto 52% têm a mesma opinião sobre a saúde. A fatia dos que consideram o desempenho de Dilma na área da saúde ótimo ou bom é de 17%, e na segurança pública, de 12%. Em janeiro deste ano, 48% avaliavam a saúde como ruim ou péssima, e 51% tinham a mesma opinião sobre a segurança pública.

Em seguida, como áreas de pior desempenho, aparecem combate à corrupção e transporte, com 44% e 39%, respectivamente, de avaliações ruim ou péssima. No último levantamento, os índices ficavam em 40% e 36%, respectivamente.

Entre as áreas de melhor desempenho da presidente estão esporte (59% consideram ótimo ou bom), turismo (51%), cultura (50%), comunicações (48%), ciência e tecnologia (47%), energia (46%) e relações exteriores (45%).

Após dois anos de governo, 42% avaliam que Dilma fez menos pelo país do que esperavam, índice próximo dos que dizem que ela fez pelo país o que esperavam que fizesse. Há ainda 15% que indicam que a presidente fez mais dos que esperavam. Na fatia dos que apontam o governo Dilma como ótimo ou bom, 48% dizem que seu governo está dentro do esperado, 21%, que está acima do esperado, e 27%, que está abaixo.

Na educação, os brasileiros se dividem entre aqueles que atribuem um desempenho ótimo ou bom (36%) e regular (37%) ao governo Dilma. O mesmo acontece na economia, vista como ótima ou boa por 37%, e regular, por 39%; no meio ambiente, que é regular para 37% e ótima ou boa também para 37%.

Baixe esta pesquisa