Saltar para o conteúdo principal

Parada Gay 2013 perde público e reúne 220 mil em São Paulo

Opinião Pública -

A edição de 2013 da Parada Gay levou 220 mil pessoas, ontem, às ruas de São Paulo, mostra pesquisa Datafolha publicada na edição de hoje da Folha de S.Paulo. No ano passado, 270 mil pessoas foram ao evento.

Este é o segundo ano consecutivo que o Datafolha utiliza sua metodologia de contagem de público na Parada Gay. Além disso, em 2012 também foram medidas a Caminhada da Ressurreição, em abril, na região leste de São Paulo, e a Marcha para Jesus, que ocorreu na zona norte da capital.

A elaboração dessa nova metodologia de contagem de público atende a uma demanda por medições mais precisas do que as estimativas tradicionais, baseadas na projeção de público a partir da área ocupada pelos eventos.

Entenda como é feita a contagem de público do Datafolha:

Com a união entre projeção quantitativa e perfil do público, incluindo informações sobre o horário de chegada ao evento, é possível medir o número de pessoas presentes em períodos distintos, além da quantidade total de participantes que passaram pelo evento ao longo do dia.

Perfil dos participantes

Neste ano, 55% dos presentes à Parada Gay se declararam homossexuais, 29%, bissexuais, e 3%, transexuais. A fatia de heterossexuais, que em 2012 era de 34%, caiu para 29%. Além disso, 59% eram do sexo masculino, e 40%, do sexo feminino.

Questionados se possuíam relacionamento estável, 42% disseram que sim. Destes, dois em cada três (67%) não são casados legalmente, e 33% tem a união legalizada.

Entre os que não têm relacionamento estável ou têm união não reconhecida legalmente, 72% pretendem se casar.