Saltar para o conteúdo principal

Aprovação a governo Dilma Rousseff cai 27 pontos em três semanas

Opinião Pública -

A avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff (PT) caiu 27 pontos em três semanas - período que coincide com a onda de protestos pelo país - e atingiu seu menor patamar desde o início do mandato. São 30% os brasileiros que consideram a gestão da petista ótima ou boa atualmente, ante 57% na primeira semana de junho.

O índice de avaliação positiva obtido por Dilma neste momento representa menos da metade do que ela havia obtido em março deste ano, quando teve maior aprovação (65%). A parcela de brasileiros que desaprovam o governo Dilma cresceu de 9% para 25% entre a primeira e a última semana de junho - nos levantamentos anteriores, a maior taxa de reprovação à presidente havia sido de 11%, registrada em agosto de 2011.

Se no levantamento realizado no início deste mês a fatia dos que aprovavam o governo de Dilma Rousseff ainda era majoritária, agora são os que consideram sua gestão regular os mais representativos: 43%. Na pesquisa anterior, 33% atribuíam desempenho regular a sua administração.

Entre os mais jovens, a taxa de aprovação a Dilma fica abaixo da média (24%), assim como entre aqueles com ensino superior (21%), entre os mais ricos (21%) e em cidades com mais de 500 mil habitantes (24%). Nos estrato de menor escolaridade, sua aprovação fica acima da média (38%), situação que se repete entre os mais pobres (35%), na região Nordeste (40%) e em cidades de menor porte, com menos de 50 mil habitantes (38%).

Também caiu a nova média atribuída ao governo Dilma, de 7,1 no inicio de junho para 5,8 atualmente.

Baixe esta pesquisa