Saltar para o conteúdo principal

Gestão Tarso Genro é aprovada por 30% eleitores gaúchos

Opinião Pública -

Três em cada dez (30%) eleitores do Rio Grande do Sul avaliam como ótimo ou bom o governo de Tarso Genro (PT), que completou três anos e sete meses de mandato no final de julho. A taxa de aprovação da gestão do petista supera a de desaprovação - 22% avaliam-na ruim ou péssima - e é inferior à taxa dos que a consideram regular, que fica em 44%.

De 0 a 10, a nota média atribuída ao governo de Tarso Genro foi 5,7.

Questionados sobre a área de melhor desempenho da administração Tarso Genro, 29% afirmaram espontaneamente que não havia nenhuma a ser destacada, e 19% não souberam responder. Como destaque positivo aparecem as área de saúde (12% das citações), educação (9%) e moradia (7%). Foram mencionadas ainda as áreas de transporte coletivo (4%), combate ao desemprego (4%), segurança (4%), saneamento básico (2%), energia elétrica (2%) e agricultura (2%), entre outras com menor percentual.

Também foi avaliada a área de pior desempenho, com destaque negativo amplo para a área de saúde, citada por 42% como a pior do Rio Grande do Sul. Em seguida aparecem as áreas de segurança (18% das indicações), educação (11%), estradas e rodovias (3%), transporte coletivo (2%) e combate ao desemprego (2%), entre outras.

A área da saúde tem destaque negativo acima da média entre as mulheres (47%), entre aqueles que estudaram até o ensino médio (47%), entre os que moram na Região Metropolitana de Porto Alegre (48%) e nas cidades que têm de 200 a 500 mil habitantes (51%). A área de segurança é apontada por 24% na capital gaúcha.

Baixe esta pesquisa