Saltar para o conteúdo principal

Congresso Nacional recebe pior avaliação desde "anões do orçamento"

Opinião Pública -

A reprovação ao desempenho dos deputados e senadores que estão atualmente no Congresso Nacional atingiu seu índice mais alto desde 1993: atualmente, 53% dos brasileiros consideram o trabalho dos parlamentares ruim ou péssimo. Esse índice é superior ao registrado em junho (42%) e só é superado pelo registrado em novembro de 1993 (56%) e dezembro do mesmo ano (55%), época da revelação do caso dos "anões do orçamento", que envolvia deputados em casos de desvio de dinheiro do Orçamento da União. O desempenho dos deputados e senadores do atual Congresso é visto como ótimo ou bom por 8%, como regular por 34%, e 5% não têm opinião sobre o tema.

O apoio à cassação do mandato do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), é majoritário entre os brasileiros: 81% avaliam que ele deveria ser cassado, e os demais se dividem entre os que são contrários (7%), indiferentes (4%) ou não tem opinião (9%) sobre essa medida. Entre os mais escolarizados, o apoio à cassação do mandato de Cunha atinge 90%.

Nesse levantamento nos dias 25 e 26 de novembro de 2015, foram realizadas 3.541 entrevistas em 185 municípios brasileiros. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos considerando um nível de confiança de 95%. A data do campo do levantamento coincidiu com o anúncio da prisão do senador Delcídio Amaral (PT).

Baixe esta pesquisa