Saltar para o conteúdo principal

Governo Temer é reprovado por 61% dos brasileiros

Opinião Pública -

O governo do presidente Michel Temer (PMDB) completa um ano sob a reprovação de 61% dos brasileiros com 16 anos ou mais. O índice atual fica acima do registrado em dezembro de 2016, quando 51% reprovavam a gestão do peemedebista. No mesmo período, a aprovação ao governo Temer oscilou de 10% para 9%, e o índice dos que avaliam a administração do peemedebista como regular caiu de 34% para 28%. Há ainda 3% que preferiram não opinar sobre o desempenho do peemedebista à frente da Presidência.

No período após um ano de governo, o desempenho negativo de Temer só fica abaixo do registrado por Dilma em seu segundo mandato: em dezembro de 2015, a petista tinha sua administração avaliada como ruim ou péssima por 65% dos brasileiros.

De 0 a 10, a nota média atribuída ao desempenho de Temer é 3.0.

Oito em cada dez brasileiros (79%) avaliam que o peemedebista fez menos pelo país do que esperavam que ele fizesse, e somente 4% acreditam que ele fez mais do que o esperado. Para 10%, Temer fez o que esperavam, e os demais não opinaram (3%) ou deram outras respostas espontâneas à questão (4%). A taxa de decepcionados é mais baixa entre os mais ricos (65%) e entre os mais velhos (68%), e mais alta na região Nordeste do país (84%).

O desempenho dos deputados e senadores que estão atualmente no Congresso Nacional é reprovado por 58% dos brasileiros, índice que se igual ao mais alto na série histórica, registrado em dezembro do ano passado. Consideram o trabalho dos congressistas ótimo ou bom somente 7%, e para 31% é regular. Uma parcela de 4% preferiu não opinar sobre o assunto.

A maioria dos brasileiros (89%) ignora a opinião de que no Brasil nada funciona, nada dá certo, e avalia que o Brasil tem jeito. Esse índice fica próximo do registrado em dezembro de 2015 (87%) e dezembro de 1996 (86%). Atualmente, 9% acreditam que o país não tem jeito, e 2% têm outra opinião sobre o assunto.

Baixe esta pesquisa