Saltar para o conteúdo principal

Maioria não tem interesse por Copa

Opinião Pública -

A maioria dos brasileiros (53%) não tem interesse pela Copa do Mundo da Rússia, que tem início na próxima semana. Os demais se dividem entre aqueles que têm grande interesse pelo evento (18%), os que nutrem um interesse médio (18%), e aqueles com pequeno interesse (9%), além de 1% que não opinou. Esse índice de desinteresse pela Copa é o mais alto já registrado para o evento, considerando tanto edições anteriores quanto a consulta sobre o interesse pela Copa da Rússia realizada em janeiro deste ano, quando 42% demonstravam falta de interesse pela competição.

O grau de desinteresse pela competição esportiva fica acima da média entre as mulheres (61%) e nas regiões Sul (59%) e Sudeste (58%). No Nordeste, por outro lado, fica abaixo da média (44%), assim como entre os homens (44%) e entre os mais jovens (46%).

O trabalho de Tite à frente da Seleção Brasileira é considerado ótimo ou bom por 64% dos brasileiros, e ruim ou péssimo por 5%. Os demais avaliam o desempenho do técnico como regular (13%) ou preferiram não opinar (18%). Na comparação com o levantamento de janeiro, a aprovação de Tite teve oscilação positiva (era de 62%).

A Seleção é apontada como favorita para ganhar a Copa do Mundo por 48%, índice similar ao registrado em janeiro (47%). Na sequência aparecem Alemanha (11%), Argentina (2%), Rússia (2%), França (2%) e Espanha (2%), entre outros com menor percentual. Há ainda 31% que preferiram não apontar nenhum time. Na comparação com pesquisas Datafolha realizadas sobre o tema antes ou durante edições passadas da Copa do Mundo, o índice atual de favoritismo do Brasil junto aos brasileiros é o mais baixo já registrado.

Baixe esta pesquisa