Saltar para o conteúdo principal

Maioria em quatro capitais pretende se vacinar contra covid-19

Opinião Pública -

A maioria (79%) dos eleitores paulistanos pretende se vacinar contra a covid-19 quando uma vacina estiver disponível, e 17% dizem que não pretendem se vacinar, além de 4% que não responderam. Questionados se a vacina deveria ser obrigatória para todos os brasileiros, 72% em São Paulo acreditam que deveria, e para 27% não deveria.

Oito em cada dez eleitores cariocas (80%) pretendem se vacinar contra a Covid-19 assim que houver alguma vacina disponível. Já, 16% não pretendem se vacinar e 4% não opinaram. A maioria ((77%) apoia que a vacinação contra a Covid-19 seja feita de forma obrigatória - o índice é majoritário em todas as variáveis sociodemográficas. Para 23%, a vacina não deve ser obrigatória e 1% não opinou.

Três em cada quatro (75%) eleitores de Recife pretendem se vacinar contra a covid-19 quando uma vacina estiver disponível. Há 20% que não pretendem se vacinar, e 5% não responderam.. Consultados sobre a obrigatoriedade da vacina para todos os brasileiros, 73% disseram ser a favor de que seja obrigatória, e para 26% não deveria haver obrigatoriedade, além de 1% sem opinião sobre o tema.

Em Belo Horizonte, 81% pretendem se vacinar contra a Covid-19 assim que houver alguma vacina disponível. Já, 15% não pretendem se vacinar e 4% não opinaram. Três em cada quatro (76%) apoiam que a vacinação contra a Covid-19 seja feita de forma obrigatória - o índice é majoritário em todas as variáveis sociodemográficas. Para 24%, a vacina não deve ser obrigatória e 1% não opinou.

Baixe o relatório de SP
Baixe o relatório do Rio
Baixe o relatório de Recife
Baixe o relatório de BH