Saltar para o conteúdo principal

Para 46%, João Doria é quem está fazendo mais pelo país na pandemia

Opinião Pública -

Para 47% dos brasileiros com 16 anos ou mais, o presidente Jair Bolsonaro não tem nenhuma culpa pelas mais de 208 mil mortes causadas pelo coronavírus no país. Em dezembro do ano passado, esse índice era de 52%, e em agosto, quando o Brasil havia atingido 100 mil mortes, também era de 47%. Para 11%, o presidente é o principal culpado pelas mortes provocados pelo vírus (eram 8% em dezembro), e há 39% que o veem como um dos culpados, mas não o único (em dezembro, 38%), além de 2% que não opinaram.

Entre os menos escolarizados, 56% não veem Bolsonaro como culpado pelas mortes em decorrência do contágio pelo coronavírus, índice que cai para 47% entre brasileiros com escolaridade média e para 36% na parcela que estudou até o ensino superior.
No grupo de brasileiros que sempre confia nas palavras do presidente, 91% não lhe atribuem qualquer culpa pelas mortes causadas por Covid no país, ante 56% entre aqueles que às vezes confiam em suas declarações, e 20% na parcela que nunca confia.

Questionados sobre quem está fazendo mais pelo Brasil no combate ao coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro ou o governador paulista João Doria (PSDB), 46% apontaram o tucano, e 28%, o presidente. Os demais disseram que nenhum deles está combatendo o vírus (11%), que ambos estão (2%) ou não têm opinião sobre o tema (13%).

Entre os homens, 43% apontam que Doria é quem tem feito mais pelo Brasil na pandemia, e para 35% é Bolsonaro. Na parcela de mulheres, esses índices ficam em 50% e 21%, respectivamente. O presidente também apresenta índices acima da média entre os mais ricos (37%, ante 41% do governador de São Paulo), no conjunto das regiões Norte e Centro-Oeste (36%, contra 41% de Doria), empresários (44%, ante 31% do tucano) e evangélicos (37%, e 35% do segmento apontam Doria).

Entre aqueles que estão vivendo normalmente durante a pandemia, sem alternar nada em sua rotina, 46% veem o presidente como protagonista no combate ao coronavírus no país, e 28% indicam Doria. Na parcela que está saindo de casa para as tarefas do dia a dia, porém tomando cuidados, 31% consideram que Bolsonaro é quem vem fazendo mais no combate ao coronavírus, e 45% dizem que Doria é quem vem cumprindo esse papel. No grupo que está saindo de casa somente quando inevitável, esses índices ficam em 20% e 50%, respectivamente, e entre quem está totalmente isolado, em 22% e 57%.

Baixa a pesquisa completa