Saltar para o conteúdo principal

87% veem auxílio emergencial como insuficiente

Opinião Pública -

A maioria dos brasileiros (87%) avalia os valores do novo auxílio emergencial como insuficientes. O novo auxílio pagará quatro parcelas, de abril a agosto, no valor de R$ 150 e R$ 375 aos beneficiados. Para 10%, os valores pagos são suficientes e para 3%, mais do que suficientes.

Entre os que receberam o auxílio no ano passado, 89% avaliam os novos valores como insuficientes, 9% como suficientes e 3% como mais do que suficientes.
Da parcela de brasileiros com 18 anos ou mais, 40% declararam terem recebido o auxílio emergencial no ano passado, ante 60% que não pediram ou não receberam. Daqueles que receberam o auxílio no ano passado, 49% declararam já terem recebido o novo auxílio emergencial este ano (o índice sobe entre os que têm 25 a 34 anos, 59%), 50% não receberam e 1% não opinou.

Nesse levantamento, entre os dias 11 e 12 de maio de 2021, foram realizadas 2.071 entrevistas presenciais em 146 municípios, com brasileiros de 16 anos ou mais, de todas as classes sociais e de todas as regiões do país. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos considerando um nível de confiança de 95%.

Baixa a pesquisa completa