Saltar para o conteúdo principal

Reprovação a Doria (38%) supera aprovação (24%) em São Paulo

Opinião Pública -

Após dois anos e nove meses de governo, a gestão de João Doria (PSDB) à frente do Governo do Estado de São Paulo é avaliada como ruim ou péssima por 38% dos paulistas com 16 anos ou mais, índice que supera sua taxa de avaliação ótima ou boa, que é de 24%. Há ainda 38% que consideram seu trabalho regular, e 1% não opinou sobre o tema.

A reprovação a Doria é mais alta entre homens (42%) do que entre mulheres (35%). Essa taxa também é mais alta na faixa de 35 a 44 anos (45%), entre quem tem renda familiar de 5 a 10 salários (44%) e no segmento evangélico (45%). Fica abaixo da média, por outro lado, entre aqueles que estudaram até o ensino fundamental (31%) e entre os mais pobres (33%).

Na parcela de moradores do Estado de São Paulo que aprovam o governo Jair Bolsonaro (sem partido), 20% também aprovam o governo Doria, e 55% reprovam. No grupo que reprova a gestão do presidente, a aprovação ao tucano fica em 26%, e a reprovação, em 31%.

De 0 a 10, os paulistas atribuem nota média 4,7 ao desempenho do governo de João Doria, sendo que 18% atribuem nota 0, e 5%, nota 10.
Consultados sobre a confiança nas declarações do governador João Doria, 44% dizem nunca confiar, 48% confiam às vezes, e somente 8% sempre confiam, além de 1% que não opinou. Taxas mais baixas de desconfiança são registradas entre os mais jovens (35%) e na faixa de 25 a 34 anos (37%), entre os mais escolarizados (38%).

Baixa a pesquisa completa