Crivella é reprovado pela maioria (58%) dos moradores do Rio

Opinião Pública -

A gestão do prefeito Marcelo Crivella (PRB) na Prefeitura do Rio de Janeiro é reprovada pela maioria (58%) dos moradores da cidade, que a considera ruim ou péssima, e aprovada por 10%, que a avaliam como ótimo ou bom. Os demais consideram o governo Crivella regular (30%) ou não têm opinião a respeito (2%). Em outubro do ano passado, 40% reprovavam o governo de Crivella, índice que passou para 61% em levantamento realizado na primeira quinzena de março deste ano, e agora tem leve recuo. O índice aprovação no mesmo período passou de 16% em outubro para para 9% na primeira quinzena de março, e agora registrou índice similar.

Leia mais »

Com vantagem menor, Crivella (58%) é favorito contra Freixo (42%) no Rio

Eleições -

Pesquisa Datafolha concluída na véspera da eleição mostra que Crivella (PRB) mantém a liderança para a Prefeitura do Rio de Janeiro. O senador liderou todo o 2º turno, porém sua vantagem sobre Marcelo Freixo (PSOL) vem recuando: nos votos válidos, era de 32 pontos percentuais na pesquisa do dia 14 (66% a 34%), passou para 26 pontos na pesquisa do dia 25 (63% a 37%) e agora alcançou 16 pontos (58% a 42%).

Leia mais »

Crivella mantém vantagem sobre Freixo na disputa do 2º turno no Rio

Eleições -

A cinco dias da eleição, pesquisa Datafolha mostra que Crivella (PRB) segue na liderança à Prefeitura do Rio de Janeiro, com 26 pontos percentuais de vantagem sobre de Marcelo Freixo (PSOL) nos votos válidos. Na comparação com a pesquisa anterior, os índices ficaram estáveis. O candidato do PRB oscilou três pontos em relação à pesquisa do último dia 14 e passou de 66% para 63%, enquanto o candidato do PSOL oscilou de 34% para 37%.

Leia mais »

Na véspera da eleição, Crivella lidera e Freixo assume 2º lugar no Rio

Eleições -

Pesquisa Datafolha concluída na véspera da eleição mostra que se a eleição fosse hoje, Crivella (PRB) iria para o 2º turno, porém seu adversário está indefinido. Líder nas pesquisas durante todo o 1º turno, Crivella recuou de 37% para 32% dos votos válidos, mas segue com ampla vantagem sobre os demais candidatos. Disputando uma vaga no 2º turno estão Marcelo Freixo (PSOL), com 16% (tinha 13%), e Pedro Paulo (PMDB), com 12% (tinha 14%). Os percentuais dos dois candidatos estão no limite da margem de erro, que somada às tendências da última semana, configura maior probabilidade de Marcelo Freixo estar à frente de Pedro Paulo.

Leia mais »