Vantagem de Serra sobre Marta cai para sete pontos

Eleições -

A quatro dias do segundo turno da eleição para prefeito de São Paulo, o candidato do PSDB, José Serra, tem 49%, e a atual prefeita e candidata à reeleição, Marta Suplicy (PT), 42% das intenções de voto, segundo pesquisa realizada pelo Datafolha nesta quarta-feira, 27 de outubro. Em relação ao levantamento anterior, realizado no dia 21, ambos oscilaram dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais, para mais ou para menos: Serra oscilou dois pontos para baixo (tinha 51% das preferências), enquanto Marta oscilou um ponto para cima (tinha 41%). Dessa forma, a vantagem de Serra sobre Marta, que chegou a ser de 12 pontos percentuais até o dia 15 (52% a 40%), é hoje de sete pontos, a menor registrada no segundo turno.

Leia mais »

Luizianne segue na liderança, com 50% das intenções de voto; Moroni tem 39%

Eleições -

A segunda pesquisa do Datafolha sobre a disputa pela Prefeitura de Fortaleza no segundo turno, realizada nesta sexta-feira, 22 de outubro, revela um quadro estável: a candidata do PT, Luizianne Lins, tem 50% das intenções de voto, e o candidato do PFL, Moroni Torgan, conta com 39% das preferências. Em relação à pesquisa anterior, realizada no dia 14, Luizianne oscilou um ponto percentual para baixo, enquanto Moroni manteve o mesmo percentual. Considerados apenas os votos válidos (excluídos os votos em branco, os votos nulos e os eleitores indecisos) Luizianne teria 56% e Moroni 44%.

Leia mais »

Luizianne lidera disputa no segundo turno, com 51% das intenções de voto

Eleições -

A candidata do PT, Luizianne Lins, que ficou em segundo lugar no primeiro turno da eleição para a Prefeitura de Fortaleza, com 22,29% dos votos válidos, começa a disputa pelo segundo turno na liderança, 12 pontos à frente de seu adversário, o pefelista Moroni Torgan, revela pesquisa do Datafolha. Se o segundo turno da eleição fosse realizado hoje, 51% dos eleitores de Fortaleza votariam na petista. Moroni Torgan, que, no primeiro turno, teve 26,59% dos votos válidos, seria hoje a opção de 39% dos eleitores da capital cearense. Anulariam o voto ou votariam em branco 3%; se dizem indecisos 6% dos entrevistados. Considerados apenas os votos válidos (excluídos os votos em branco, os votos nulos e os eleitores indecisos) Luizianne teria 57% e Moroni 43%.

Leia mais »