Cai aprovação de eleitores ao governo da presidente Dilma Rousseff

Opinião Pública -

A aprovação ao governo da presidente Dilma Rousseff caiu três pontos desde o início de julho e, atualmente, é avaliado como ótimo ou bom por 32% dos eleitores brasileiros (ante 35% em pesquisa realizada nos dias 1 e 2 de julho). O índice atual fica mais próximo do patamar pré-Copa do Mundo (33% na primeira semana de junho). A taxa de reprovação ao governo da atual presidente seguiu tendência semelhante: no início de junho, 28% consideravam a gestão da petista ruim ou péssima, taxa que caiu para 25% na primeira semana de julho, e voltou a subir, agora para 29%. A parcela do eleitorado que avalia o governo Dilma como regular é de 38%, índice estável na comparação com levantamentos anteriores. Há ainda 1% que não opinou sobre o desempenho da presidente.

Leia mais »

Aprovação ao governo Dilma tem oscilação positiva entre junho e julho

Opinião Pública -

A aprovação ao governo da presidente Dilma Rousseff oscilou positivamente entre junho (33%) e julho (35%), retornando ao patamar registrado em maio (35%). Nesse período, a taxa de reprovação registrou movimento inverso (era de 26% em maio, passou para 28% em junho, e retornou para 26% em julho), e a fatia dos que consideram o governo regular ficou estável (38% em maio, 38% em junho e 38% em julho). Há ainda 1% que não quiseram ou não souberam avaliar a gestão Dilma no levantamento atual.

Leia mais »

Reprovação a Dilma é a maior desde início de mandato da petista

Opinião Pública -

A aprovação ao governo da presidente Dilma Rousseff (PT) oscilou negativamente entre maio e junho e, atualmente, é aprovado por 33% dos eleitores brasileiros (em maio, 35%). Nesse período, manteve-se em 38% a taxa dos que a avaliam como regular, e oscilou 26% para 28% a desaprovação à gestão da petista, índice mais alto desde o início de seu governo. Há ainda 1% que não opinou.

Leia mais »

Ótimo ou bom para 35%, aprovação ao governo Dilma fica estável

Opinião Pública -

A aprovação ao governo da presidente Rousseff (PT) em maio se manteve no patamar registrado em abril, oscilando de 36% para 35% nesse período. Também variaram dentro da margem de erro entre abril e maio os índices dos que desaprovam (de 25% para 26%) ou avaliam o governo da petista como regular (de 39% para 38%). Há ainda 1% que não opinou sobre o assunto.

Leia mais »