Maioria em SP é contra mensalidade em universidades públicas

Opinião Pública -

Pesquisa Datafolha mostra que a maior parcela dos paulistas adultos é favorável à manutenção da gratuidade das universidades estaduais, como USP, Unicamp e Unesp. Quando questionados se as universidades estaduais deveriam ser sempre gratuitas ou se deveriam cobrar mensalidades de quem pode pagar, 57% declararam que elas deveriam se manter gratuitas e 43%, que elas deveriam cobrar mensalidade de quem pode pagar.

Leia mais »

Reprovação a Congresso atinge 60%

Opinião Pública -

A reprovação ao trabalho dos deputados e senadores que estão atualmente no Congresso Nacional atingiu, no atual levantamento, o patamar número mais alto (60%) desde 1990, quando teve início a série histórica do Datafolha sobre o tema. Supera, com isto, o resultado negativo (de 58%) que havia sido estabelecido nas duas últimas avaliações do trabalho dos congressistas, em dezembro do ano passado e abril deste ano. A taxa de aprovação do Congresso ficou em 5% (no levantamento anterior, 7%), e há 31% que atribuem aos deputados e senadores um desempenho regular.

Leia mais »

Reprovação a Doria sobe para 39% e supera índice de aprovação (29%)

Opinião Pública -

Pesquisa Datafolha mostra que a reprovação à gestão João Doria vem crescendo e alcançou o índice mais alto no ano. Após onze meses frente ao governo da cidade de São Paulo, João Doria (PSDB) tem sua administração reprovada por 39% dos paulistanos, ante 26% no início de outubro. Um terço (31%) avaliou sua gestão como regular (era 40%) e 29% a aprovam (era 32%). Uma parcela de 1% não opinou.

Leia mais »

Para maioria, governo de Michel Temer é pior que o de Dilma Rousseff

Opinião Pública -

O governo do presidente Michel Temer (PMDB) é considerado ruim ou péssimo por 71% dos brasileiros, índice próximo do verificado em setembro (73%) e que ainda o posiciona ao lado de Dilma Rousseff como o presidente com o índice mais alto de reprovação do país desde a redemocratização. O índice de aprovação de Temer é de 5%, igual ao verificado no levantamento anterior (5%), e há 23% que o consideram regular (em setembro, 20%).

Leia mais »

Na hora do voto, 19% dos brasileiros com religião seguem líder da igreja

Opinião Pública -

Pesquisa Datafolha mostra que em época de eleições a maior parcela dos brasileiros adultos (81%) que têm religião não costuma levar em consideração os candidatos apoiados por seus líderes religiosos. Já 19% declararam que costumam levar em conta os candidatos indicados por seus líderes religiosos - desses, 4% consideram a opinião de seus líderes religiosos somente se o candidato for ligado a sua igreja, e 15%, independentemente do candidato ser ou não ligado à sua igreja.

Leia mais »