Coca-Cola, Omo, Nike, Nestlé e Samsung lideram Top of Mind 2016

Opinião Pública -

O Datafolha começou a fazer sua pesquisa de lembrança de marcas em 1991, quando pesquisou os nomes mais conhecidos em 12 categorias de produtos. Hoje são 55 categorias de produtos e serviços pesquisados, além dos Tops especiais, que são as marcas mais lembradas nos seguintes segmentos: Top feminino e masculino (marcas que mais se destacam entre as mulheres e entre os homens), Top regiões (marcas que mais se destacam em cada região do país) e Top Performance (marca que mais cresceu em relação à pesquisa anterior).

Leia mais »

Serviços pioram em 24 de 32 setores na cidade de São Paulo em 4 anos

Opinião Pública -

A coleta de lixo domiciliar é o melhor serviço prestado nos bairros de São Paulo, merecendo nota média 7,4 dos paulistanos, em contraste com a acessibilidade de ruas e avenidas para deficientes físicos, cuja nota atribuída foi 2,8. Com notas que poderiam variar de 0 a 10, a nota média de 32 serviços ou aspectos avaliados tendo como referência o bairro do respondente foi 4,9, com 14 itens obtendo notas acima dessa média, e 18, abaixo dela.

Leia mais »

Saúde é área mais problemática de Belo Horizonte

Opinião Pública -

Dentre os serviços que são de responsabilidade da prefeitura, aqueles relacionados à saúde, como hospitais e postos de saúde, são vistos como o maior problema da cidade de Belo Horizonte, Uma fatia de 43% cita espontaneamente a saúde como área mais problemática, com larga vantagem sobre a segurança pública (20%), a segunda mais mencionada. Na sequência aparecem problemas na área da educação (7%), transporte coletivo (7%), combate ao desemprego (4%), trânsito (4%), calçamento e asfaltamento (2%), limpeza e coleta de lixo (2%) e saneamento (2%), entre outros com menor percentual.

Leia mais »

Violência e saúde são problemas de Recife mais apontados por eleitores

Opinião Pública -

Na opinião da maior parcela dos entrevistados, violência e saúde dividem o primeiro lugar como o principal problema da capital. Para 27%, o maior problema da cidade é a segurança e para 23%, é a saúde. Outros problemas menos citados foram: falta de saneamento básico (9%), educação (6%), limpeza (6%), desemprego (6%) e transporte coletivo (5%), entre outros menos citados. Apenas 1% não opinou.

Leia mais »