Em alta, Bolsonaro lidera com 28%

Eleições -

Fora da campanha nas ruas há mais de dez dias, desde que sofreu um atentado em Minas Gerais, Bolsonaro segue isolado na liderança da disputa presidencial, e com tendência de alta gradual na preferência dos eleitores. Com 28% das intenções de voto, ele oscilou dois pontos percentuais na comparação com levantamento realizado na semana passada, entre os dias 13 e 14, e tem seis pontos a mais do que no início oficial da campanha, na segunda quinzena de agosto, quando aparecia com 22%, o que configura uma tendência de alta.

Leia mais »

Cresce conhecimento sobre Haddad

Eleições -

Na primeira pesquisa Datafolha após o indeferimento da candidatura do ex-presidente Lula (PT) e a sua substituição por Fernando Haddad (PT), como candidato à Presidência da República, o ex-prefeito apresentou crescimento no seu índice de conhecimento entre o eleitorado. Em comparação à pesquisa anterior (do dia 10 de setembro), o índice de eleitores que declararam que conhecem o ex-prefeito de São Paulo passou de 65% para 71%. Desses, 20% o conhecem muito bem, 24% um pouco, 27% só um pouco e 29% não o conhecem.

Leia mais »

Bolsonaro atinge 26%; Haddad cresce para 13% e empata com Ciro (13%)

Eleições -

Internado desde o atentado sofrido no último dia 6, Jair Bolsonaro (PSL) atingiu 26% das intenções de voto na disputa pela Presidência da República, variação positiva de dois pontos em relação ao registrado no início desta semana, quando tinha 24%. Desde o início oficial da campanha, o deputado do PSL ganhou quatro pontos (tinha 22% na segunda quinzena de agosto). Ao longo da ultima semana, a disputa pelo segundo lugar na corrida presidencial se acirrou entre Ciro Gomes (PDT), que repetiu os 13% do levantamento realizado no início da semana, e Fernando Haddad (PT), que cresceu de 9% para 13% no mesmo período. Ambos agora estão no limite do empate técnico com Geraldo Alckmin (PSDB), que oscilou de 10% para 9%. No mesmo patamar do tucano está Marina Silva (Rede), que caiu 11% para 8%. Com isso, a ex-senadora tem agora metade das intenções de voto que tinha após registro das candidaturas (16%).

Leia mais »

Cresce conhecimento de Bolsonaro e Haddad junto a eleitores

Eleições -

Na sua terceira tentativa de chegar à Presidência, Marina Silva é conhecida por 91% dos eleitores brasileiros, divididos entre os que a conhecem muito bem (27%), um pouco (32%) ou só de ouvir falar (32%). O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, que também já tentou ser presidente em 2006, tem taxa de conhecimento de 88%, sendo que 30% o conhecem muito bem, 29% o conhecem um pouco, e 30%, só de ouvir falar.

Leia mais »

Horário eleitoral já foi visto por 64%

Eleições -

Metade (49%) do eleitorado brasileiro não tem interesse nenhum interesse pelo horário eleitoral dos candidatos a presidente na TV, e os demais se dividem entre quem tem muito interesse (18%), um pouco de interesse (32%) ou não opinaram sobre o tema (1%).

Leia mais »